Fique atento aos cuidados ao se trabalhar com elétrica e hidráulica

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

A segurança do trabalho é essencial para quem atua na parte elétrica e hidráulica. Afinal, são elementos potencialmente perigosos e que oferecem riscos à integridade física e à vida dos trabalhadores.

Existem normas específicas que regulamentam a atuação em instalações elétricas e hidráulicas, como forma de trazer mais segurança para os colaboradores e reduzir a ameaça de ocorrência de acidentes laborais.

Quer garantir que os seus colaboradores trabalhem com segurança, manter a proteção e evitar imprevistos? Neste post, você vai conhecer melhor os cuidados essenciais ao se trabalhar com instalações elétricas e hidráulicas ao mesmo tempo. Boa leitura!

Importância de conhecer como funciona a hidráulica e elétrica

Para trabalhar nessa área, é essencial conhecer minimamente os princípios, causas e efeitos de elétrica e hidráulica. Todo cuidado é necessário para quem manuseia objetos condutores de eletricidade.

Caso contrário, estará correndo risco de vida, uma vez que a corrente tem a capacidade de passar pelo corpo humano, o que chamamos de choque elétrico. Dependendo da situação, ele pode ser fatal, de acordo coma frequência, o trajeto e a intensidade da corrente.

Cuidados para quem trabalha com sistemas elétricos e hidráulicos

Confira, a seguir, alguns cuidados essenciais para garantir a segurança dos colaboradores que trabalham com sistemas elétricos e hidráulicos.

Utilize roupas e equipamentos de proteção

Evite ter contato direto o corpo com o solo e em superfícies aterradas, uma vez que essas estruturas são grandes condutoras de eletricidade. Nesse sentido, o recomendado é vestir equipamentos de proteção específicos.

Entre eles, podemos mencionar luvas, óculos e calçados protegidos com sola de borracha. Também é importante revestir o chão com tapetes de borracha ou outro material que tenha a função de isolante térmico.

Evite a água

A água é uma forte condutora de eletricidade. Logo, em nenhuma hipótese você deve utilizar roupas ou calçados molhados, para evitar o risco de choques.

Da mesma forma, você precisa manter os aparelhos elétricos distantes de torneiras, piscinas, pias, banheiras e outras estruturas molhadas. Mesmo desligados, os aparelhos conseguem conduzir eletricidade e podem causar choques aos trabalhadores.

Compre aparelhos elétricos e hidráulicos certificados

Somente adquira equipamentos elétricos e hidráulicos devidamente certificados e que tenham o selo de qualidade. Afinal, estamos falando de aparelhos perigosos e que podem causar riscos à saúde e à vida dos trabalhadores. Uma mera furadeira pode provocar choques, queimaduras e incêndio no local de trabalho.

Portanto tenha cuidado ao adquirir as ferramentas elétricas e hidráulicas. Verifique se elas apresentam a etiqueta que atesta sua aprovação em testes e se tem o selo do Inmetro.

Além disso, verifique, com cautela, o manual de instruções fornecido pelo fabricante. Caso tenha dúvidas sobre a forma adequada de manusear o aparelho, o ideal é procurar o auxílio de um profissional especialista, como um eletricista habilitado.

Evite gambiarras

Sistemas de elétrica e hidráulica devem ser levados a sério, e não se pode dar aquele famoso “jeitinho brasileiro”. É importante ter responsabilidade e cautela ao manusear qualquer aparelho desse tipo.

As chamadas gambiarras, com fios desencapados e envelhecidos ligados à rede elétrica, podem causar acidentes fatais. Preze sempre pela segurança e, caso seja necessário, peça o auxílio de um profissional experiente no assunto.

Desligue a chave em casos de reparos

Caso tenha que fazer reparo nas instalações, desligue a chave geral de eletricidade. Afinal, qualquer conserto elétrico, (trocar uma tomada, uma lâmpada ou o chuveiro, por exemplo) requer o bloqueio da fonte de energia.

Para isso, você deve saber qual é o disjuntor daquele circuito de modo específico. Caso não descubra, o mais seguro é desligar o disjuntor geral no quadro de distribuição de energia da casa. O risco é alto, se as instalações não tiverem em boas condições.

Utilize os EPIs adequados

Os EPIs devem ser utilizados conforme o tipo de trabalho a ser desempenhado pelo trabalhador. De um modo geral, é importante utilizar óculos de segurança, protetores de ouvido, capacetes e calçados próprios, que tenham a função de impedir a passagem de corrente elétrica e água. Esses equipamentos são essenciais e podem salvar muitas vidas.

Invista em capacitação

Os colaboradores que trabalham diretamente com elétrica e hidráulica devem dominar os conhecimentos necessários para executar um bom trabalho, mas também, precisam saber como se proteger adequadamente e como agir em caso de emergências. É sempre importante se manter atualizado com relação às exigências previstas na Norma Regulamentadora nº 10 e na NR-35, por exemplo.

Entender como funcionam os sistemas elétrico e hidráulico ajuda a salvar vidas. Caso aconteça um incêndio causado por curto-circuito, por exemplo, não se deve tentar apagá-lo com água, uma vez que ela conduz eletricidade e há riscos de choque.

O recomendado é desligar a chave geral e entrar em contato imediato com os bombeiros. Também é possível reduzir o fogo com o extintor de classe C, equipamento especial para conter o incêndio de aparelhos e sistemas elétricos energizados.

Também é a melhor forma de realizar um bom trabalho e identificar a eventual presença de riscos e vazamentos. Os fluidos hidráulicos, por exemplo, podem ocasionar graves queimaduras, uma vez que apresentam temperatura de até 150ºC, mesmo em casos de pequenos vazamentos. Afinal, eles estão sob alta pressão e podem chegar a 180 metros por segundo, perfurando a superfície da pele e causando danos fatais.

Despressurize o sistema

Antes de manusear e fazer qualquer tipo de vistoria no sistema hidráulico, você deve despressurizá-lo. Tal recomendação é essencial para reduzir riscos de explosão de óleo, mesmo em casos de mero gotejamento no chão.

Tenha atenção aos vazamentos

Os vazamentos podem ser causados por inúmeros motivos. Um deles é deixar uma porca muito solta por não apertá-la de modo suficiente. Esse erro pode causar danos em toda a conexão e gerar os vazamentos nos sistemas que interligam as mangueiras hidráulicas.

Prevenir sempre é melhor do que remediar. Seguindo as nossas dicas, você garante maior proteção e evita riscos. Afinal, o trabalho com elétrica e hidráulica requer cuidados específicos, pois estamos tratando de elementos perigosos e que podem colocar em risco a saúde, a integridade física e a vida de trabalhadores. Portanto, toda atenção se faz necessária.

Você achou este post útil? Deixe um comentário abaixo com a sua opinião!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *