[Infográfico] Resistência aletada: entenda para que serve e como funciona

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

Utilizada em máquinas industriais, dutos de aquecimento e estufas, a resistência aletada é construída a partir de tubos e aletas de aço carbono ou inox. 

Ela tem diferentes formatos, que dependem da aplicação. A escolha do modelo adequado garante o bom funcionamento do produto ou equipamento.

Confira o nosso infográfico para saber o que é e como funciona esse tipo de resistência!

O que é uma resistência aletada?

A resistência elétrica aletada, como o próprio nome diz, é formada por aletas. O aquecimento é baseado na transferência térmica, por condução e irradiação

Seu formato depende da aplicação. Normalmente, as resistências aletadas retangulares (ou em U) são ideais para estufas. Já as helicoidais são boas opções para fornos, aquecimento e degelo. 

Elas podem ser fixadas de várias maneiras (usando parafuso ou suporte), o que garante maior versatilidade. À prova de umidade, são ideais para utilização quando há grande necessidade de aquecimento.

Qual a diferença para os demais tipos de resistência?

Os formatos e os tipos de aplicação definem qual a resistência elétrica ideal.

A resistência cartucho, por exemplo, é adequada quando é necessário aquecimento uniforme. Seu principal uso é na indústria de transformação plástica.

As resistências de imersão podem ser submersas em soluções com diferentes densidades (água, combustíveis, óleos, líquidos de arrefecimento e solventes).

Já a resistência tubular de quartzo é a mais adequada para uso em sistemas de irradiação infravermelhos.

Quais os cuidados para a manutenção da resistência aletada?

Como qualquer outra resistência, é essencial fazer a manutenção preventiva, verificando a qualidade das conexões elétricas. 

Além disso, antes da instalação ou substituição, é preciso conferir, na etiqueta de dados técnicos, se o equipamento é adequado à tensão da rede elétrica.

Por que contar com fornecedores qualificados?

Para garantir o bom funcionamento dos equipamentos e máquinas, é preciso utilizar resistências elétricas de qualidade.

Um fornecedor qualificado poderá orientar sobre a resistência aletada ideal para o equipamento, além de indicar cuidados referentes à instalação e preservação da sua vida útil. 

Entre em contato com a IMC para conhecer os tipos de resistências e seus principais usos.

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *