Saiba tudo sobre o ebulidor e como ele funciona

Saiba tudo sobre o ebulidor e como ele funciona

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

Você conhece o mergulhão? E o rabo quente? Achou esquisitas essas perguntas? Esses nada mais são do que nomes alternativos para um ebulidor. Você deve estar pensando: “eu sei lá o que é um ebulidor!”.

Seu nome tem tudo a ver com o funcionamento. Ebulidor vem de ebulição, que é, segundo a termodinâmica, a transformação endotérmica que acontece quando uma matéria passa do estado líquido para o estado gasoso.

Então, um ebulidor serve para fazer a água virar vapor? De certa forma sim! Porém, você pode desejar menos do que isso. A sua intenção pode ser apenas aumentar a temperatura da água. A real função do mergulhão é transformar energia elétrica em energia térmica.

Quer saber tudo sobre o funcionamento do ebulidor? Continue a leitura!

Como funciona um ebulidor?

Um ebulidor é formado por uma alça isolante utilizada para o manuseio do equipamento, seguida por uma extremidade de metal reta que é finalizada em formato de espiral. Esse equipamento deve ser imerso na água em que a temperatura necessita ser elevada, e só depois pode ser conectado a uma fonte de energia.

E como esse equipamento altera a temperatura? Ele trabalha segundo o efeito joule, que diz que a corrente elétrica ao atravessar um condutor gera colisões entre elétrons e os átomos do material condutor. Essa agitação provoca aumento de temperatura, gerando calor.

Quais as vantagens que ele oferece?

Os principais benefícios oferecidos pelo ebulidor estão relacionados à mobilidade, economia e rapidez.

O aparelho é portátil. Se o volume de água que precisa ser trabalhado for consideravelmente pequeno, evita a necessidade de a empresa realizar gastos com a construção de sistemas de aquecimento.

Dependendo do potencial escolhido e do volume empregado, esses equipamentos terão resposta de aquecimento mais ágil do que um fogão a gás.

Quais os cuidados a serem tomados na utilização?

Como qualquer equipamento, o manuseio de um ebulidor também requer alguns cuidados. Veja só:

  • nunca acione o mergulhão antes de estar imerso no líquido, nem o retire do fluido antes de desconectá-lo da rede elétrica;
  • realize a operação em local seguro, longe de materiais inflamáveis e itens que possam ser deteriorados pelo calor;
  • o volume de líquido deve ser coerente com o limite mínimo e máximo informado pelo equipamento;
  • use recipientes de vidro, louça ou alumínio para realizar a operação;
  • apoie o recipiente onde a água se encontra, em local firme e seguro;
  • mantenha a parte metálica do ebulidor verticalmente na água. A altura do líquido deve estar acima da indicação exposta no mergulhão;
  • atenção à voltagem do equipamento. Verifique se é compatível com a rede elétrica onde será realizado aquecimento da substância.

Como explorado anteriormente, um ebulidor nada mais é do que uma resistência elétrica utilizada para o aquecimento de fluídos.

A IMC é uma empresa brasileira especialista na fabricação de resistências para aquecimento industrial com mais de 50 anos de mercado. Ela também possui uma linha de ebulidores industriais certificados pelo INMETRO através da portaria 371.

Agora que você entende melhor o que é um ebulidor ou mergulhão, entre em contato conosco e conheça nossas opções.

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *