3 dicas de como fazer escala de trabalho e evitar perdas na produção

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

As escalas de trabalho são essenciais para a organização das atividades, ajudam a manter os funcionários engajados com os objetivos da empresa e melhoram a produtividade. Com jornadas preestabelecidas, os gestores podem melhorar as condições laborais, aprimorar a qualidade dos serviços ou produtos e ainda prevenir-se contra o ajuizamento de reclamatórias trabalhistas.

Esses líderes são responsáveis por evitar erros e cumprir as determinações legais. Neste post, vamos fornecer 3 dicas de como fazer escala de trabalho e evitar perdas ou paradas na produção. Aqui, você descobrirá a importância dessa ferramenta e entenderá qual é a sua relação com o estabelecimento de metas em conjunto, a definição de períodos de descanso etc.

Gostaria de obter sugestões para fazer escalas de trabalho que aumentem os lucros do seu negócio? Acompanhe a leitura!

Entenda a importância da escala de trabalho

Uma escala de trabalho é muito importante para o desenvolvimento das atividades de um empreendimento. Essa ferramenta funciona com uma base de estruturação que define os horários e os dias de expediente dos colaboradores. Se elas forem bem organizadas, a demanda da empresa será atendida no prazo, e os atrasos serão evitados.

Escalas de trabalho também são necessárias para eliminar qualquer possibilidade de descumprimento da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Com elas, as equipes conseguirão atingir os níveis de produtividade almejados, e os clientes serão atendidos de modo eficiente. Além disso, as folgas dos funcionários poderão ser previstas de forma a impedir a realização de horas extras.

Confira as dicas de como fazer escala de trabalho

Ao estabelecer uma escala de trabalho, você conseguirá favorecer a sua empresa, cujas operações fluirão de maneira adequada e sem interrupção. No entanto, é preciso prestar atenção em alguns detalhes para contar com a proteção da CLT e ter uma produtividade mais elevada. Confira, a seguir, 3 dicas relevantes para montar as suas escalas com eficiência!

1. Estabeleça metas em conjunto

Para que não ocorram perdas na produção e discussões entre os colaboradores, é interessante estabelecer metas em conjunto com as equipes. Dessa forma, será possível administrar as divergências e encontrar soluções para diminuir os conflitos de interesses. Os colaboradores vão expor as suas ideias e perceberão que devem trabalhar juntos para atingir os objetivos da empresa.

2. Controle jornadas de trabalho

Quer evitar condenações judiciais provenientes de processos trabalhistas? Controle as jornadas de trabalho e não permita que as equipes tenham visões equivocadas sobre as suas decisões. Organize as escalas e fique atento à carga horária de cada funcionário, observando com frequência os registros do relógio-ponto. Caso perceba alguma incoerência, questione os colaboradores sobre o atendimento dos horários.

3. Defina os períodos de descanso

Estabeleça as escalas definindo com atenção os períodos de descanso dos colaboradores. Os horários de folga devem ser definidos de acordo com a legislação trabalhista, e não podem ocorrer falhas que atrasem a produção. Use uma planilha para visualizar as jornadas de trabalho e não deixe que um funcionário fique sobrecarregado.

Essas são dicas principais de como fazer escala de trabalho! Considere que os períodos de descanso não são apenas aqueles referentes aos finais de semana. Um bom gestor faz as suas escalas considerando os períodos de férias, feriados e expedientes noturnos. Organize as rotinas de trabalho e invista na saúde dos colaboradores.

Quer ter acesso a informações valiosas para aplicar em suas atividades diárias? Assine a newsletter e receba conteúdos atualizados sobre assuntos relacionados!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *