O que é refugo na produção? Confira práticas para diminuí-lo na indústria

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

Existem algumas atividades no setor industrial que aumentam os custos e desperdiçam o tempo dos trabalhadores, por exemplo, o retrabalho na produção. Isso acontece quando os produtos não apresentam os aspectos que deveriam e precisam ser reparados para serem vendidos. Outro fator que gera perdas são os refugos, que impedem o uso de certos materiais que poderiam ser úteis no processo produtivo, inclusive na indústria 4.0.

Neste post, vamos explicar o que é refugo na produção e apresentar as suas desvantagens, como o retrabalho, os desperdícios e os gastos. Além disso, vamos apresentar várias dicas práticas para diminuir os prejuízos e fornecer detalhes sobre documentação da estrutura do produto, monitoramento do processo de produção, gerenciamento de mudanças e versões etc.

Gostaria de saber um pouco mais sobre refugo na produção? Acompanhe a leitura!

O que é refugo na produção industrial?

Refugo é a maneira como é denominado o material que infelizmente não poderá mais ser útil durante o processo de produção de bens. Ele não tem mais qualquer chance de ser reprocessado devido às suas características e especificações, que prejudicariam a qualidade das peças produzidas. Os refugos normalmente acontecem devido ao uso de documentações somente no Desenho Assistido por Computador (CAD).

Quais são as desvantagens da ocorrência de refugo na produção industrial?

As falhas vão enfraquecer o potencial da linha produtiva na indústria e culminar em despesas maiores até a conclusão dos procedimentos de fabricação. Com isso, as empresas perdem eficiência e sua rentabilidade é afetada. Veja a seguir algumas desvantagens da ocorrência de refugos na produção industrial:

  • aumento dos custos com a produção;
  • perda de parte do dinheiro investido;
  • desequilíbrio na linha de produção;
  • deficiência no planejamento da produção;
  • falta de eficiência produtiva.

Para evitar esses problemas, podem ser feitos alguns ajustes e aplicadas algumas estratégias para correções. Os equipamentos utilizados precisam funcionar em perfeitas condições durante os horários de expediente. As máquinas ultrapassadas podem ser substituídas para aprimorar os processos e gerar menos refugos. Essas questões devem ser definidas pelos gestores que trabalham com a linha operacional e conseguem identificar dificuldades.

Como diminuir o refugo na produção industrial?

Os desenhos no CAD não mostram as modificações realizadas nos projetos que se movimentam no setor de produção. Vários dados das listas não são captados por essas ferramentas e, assim, aumentam-se as possibilidades de erros que geram refugos e retrabalhos.

Desse modo, é importante criar e atualizar as listas de materiais ou estruturas dos desenhos de produtos, além de utilizar tecnologia industrial. Observe abaixo o que pode ser feito para minimizar os refugos, eliminar perdas financeiras e evitar desperdícios!

Documentação da estrutura do produto

A criação de estruturas de produtos ou listas de materiais/BOM para cada tipo de peça produzida. Essas informações vão servir de base para outros procedimentos industriais, tais como a determinação de compra de materiais. Os dados contidos nas listas técnicas devem ser atualizados e precisos para evitar a aquisição incorreta de componentes, principalmente se eles não puderem ser utilizados na produção ou se o fornecedor não aceita devolução.

Documentação e monitoramento do processo de produção

Monitorar o processo de produção é indispensável para reduzir custos, refugos e retrabalhos. Os operadores deverão receber roteiros para produzir as peças com instruções de trabalho atualizadas e definição de ferramentas fundamentais para cada etapa dos procedimentos. Para ter êxito na redução de materiais que não poderão ser reutilizados, as informações têm que estar acessíveis para os colaboradores envolvidos e para a inspeção.

Gerenciamento de mudanças e versões

Depois de documentar os processos de fabricação e as estruturas dos produtos, há a necessidade de controlar as versões. As mudanças não podem ser implementadas sem que sejam comunicadas a todos os integrantes da cadeia de suprimentos e colaboradores. Todos os profissionais deverão trabalhar em conjunto para otimizar procedimentos e só poderão fazer isso se forem previamente informados.

Enfim, agora você já sabe o que é refugo na produção e pode aplicar algumas práticas para diminuir sucatas na indústria! As modificações significativas efetivadas para a melhoria de produtos são relevantes para as equipes de planejamento, controle de produção e outros profissionais envolvidos. Por isso, mantenha a organização e evite o estoque de peças que podem se tornar refugos.

Deseja obter mais informações sobre assuntos relacionados? Então assine a nossa newsletter e receba atualizações em seu e-mail!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *