4 dicas práticas de como reduzir custos de manutenção industrial

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

Uma empresa conta com muitos gastos, como com folha de pagamento, energia de água, compra dos produtos ou materiais que serão revendidos etc. Quando se tem planejamento financeiro, esses gastos se tornam mínimos.

Neste texto, você entenderá a importância de ter uma estratégia para reduzir custos de manutenção, além de conferir algumas dicas de como fazer isso de maneira práticas e simples. Vamos lá?

1. Faça o mapeamento de todos os custos da empresa

O primeiro passo para reduzir custos é ter em mente quais são eles. Tenha uma planilha ou sistema de gestão para monitorar os principais gastos presentes na empresa e de quanto eles são. Esse mapeamento é importante para que você tenha uma visão geral das despesas e consiga encontrar com maior facilidade quais delas estão consumindo mais dinheiro do que deveria.

A partir daí, é possível, então, propor uma estratégia de redução. É importar considerar não apenas os gastos diretos, como compra de insumos, mas também os indiretos, como folha de pagamento, energia e água, aluguel do espaço, dentre outros.

2. Invista em equipamentos novos para reduzir custos de manutenção

Pode parecer mais vantajoso continuar usando equipamentos antigos para realizar as atividades da sua empresa, mas as chances de eles terem algum defeito que pode custar bastante e atrapalhar o rendimento de produção são grandes.

Por isso, pode ser mais interessante comprar equipamentos novos e de qualidade, já que eles terão uma durabilidade maior, além de tecnologias que podem auxiliar no ganho de eficiência da empresa.

Avalie quais equipamentos podem ser trocados dentro da empresa e faça uma pesquisa para descobrir os locais que os comercializam com um preço mais em conta e com marcas de qualidade.

3. Crie um plano de manutenção preventiva

O plano de manutenção preventiva é a organização das manutenções periódicas feitas nos equipamentos, evitando, assim, que eles efetivamente tenham defeitos que comprometam a sua produção. Com isso, é possível encontrar indícios de que algo pode estar errado com as máquinas utilizadas na empresa e, então, fazer os reparos necessários. Os custos relacionados com a manutenção preventiva são mais baratos do que os das corretivas.

O plano de manutenção utiliza documentos para monitorar os reparos feitos, seja para datar a última revisão feita ou documentar alguma anormalidade encontrada. Com isso, é criado um tipo de roteiro para que os profissionais de manutenção consigam fazer suas atividades de maneira padronizada e com maior conhecimento sobre os equipamentos.

4. Defina e acompanhe indicadores de gastos

Escolha alguns indicadores de gastos para analisar periodicamente e conseguir ter um controle sobre o dinheiro da sua empresa. Assim, é possível saber se está sendo utilizado corretamente e de maneira inteligente. Alguns indicadores que podem ser agregados no seu plano para reduzir custos de manutenção são: marquem líquida, ROI, custos fixos mensais, custos variáveis mensais, dentre outros.

Assim, colocando em práticas essas dicas de como reduzir custos de manutenção, você conseguirá ter uma empresa que investe de maneira inteligente, além de economizar dinheiro que pode ser aplicado na melhoria de seus setores.

Gostou do texto? Então assine a nossa newsletter e passe a receber as novas postagens do nosso blog em primeira mão!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *