Conheça a importância do uso de resistência de autoclave esterilizadora

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

Os processos de esterilização realizados em laboratórios, consultórios de medicina e odontologia, hospitais ou clínicas são realizados por meio de um esterilizador autoclave. Os objetos contaminados são expostos ao vapor em altas temperaturas para eliminar microorganismos de diversas espécies e evitar a contaminação de pacientes ou clientes.

Neste post, vamos explicar o que é a resistência de autoclave esterilizadora e como ela funciona. Além disso, vamos abordar a importância do uso da resistência de autoclave esterilizadora de instrumentos cirúrgicos e de laboratórios, bem como falar sobre aplicações, funcionamento, características, entre outros.

Deseja saber mais sobre resistência de autoclave? Continue a sua leitura!

O que é a resistência de autoclave esterilizadora?

A resistência de autoclave esterilizadora é uma peça ou um componente elétrico que promove o aumento da temperatura na câmara do equipamento para limpar instrumentos cirúrgicos e outras ferramentas da área da saúde. Essa peça é a responsável pela esterilização realizada pela autoclave esterilizadora, a qual precisa funcionar de forma adequada para cumprir a sua função.

Já a autoclave esterilizadora é um equipamento que gera vapor em altíssimas temperaturas dentro de uma câmara pressurizada. Trata-se de uma máquina que aquece, transformando água em vapor, cuja resistência deve estar em condições adequadas para que o grau se eleve o suficiente para destruir microorganismos.

Como funciona a resistência de autoclave esterilizadora?

A resistência de autoclave esterilizadora funciona quando recebe a corrente de energia e, consequentemente, aquece a câmara da máquina. Porém, para que ela funcione corretamente, o equipamento precisa ser colocado em um local nivelado e plano, conforme orientações da RDC N50. A voltagem da resistência deve ser de acordo com a rede elétrica do estabelecimento.

Por outro lado, a tomada deve contar com aterramento e 3 pinos, de acordo com os padrões nacionais. A peça é protegida por uma capa de aço inox que isola a resistência do restante da câmara para evitar o contato direto com o vapor da água, o que poderia causar acidentes. As temperaturas geradas por esse componente podem alcançar de 121 a 134 graus Celsius.

Quais são os principais aspectos da autoclave esterilizadora?

O processo de esterilização acontece sob pressão, por umidade, vapor de água e temperatura elevada. Vale destacar que a autoclave é travada para impedir a sua abertura antes da finalização do procedimento de esterilização dos materiais. Veja, a seguir, alguns fatores relevantes sobre a resistência de autoclave!

Aplicações

Os instrumentos esterilizáveis por meio da resistência da autoclave são objetos de aço inoxidável, itens de polipropileno, peças de vidro, frascos de cultura, luvas, soluções aquosas, resíduos biológicos, líquidos não inflamáveis etc.

Características

Existem vários formatos de resistências de autoclave esterilizadora, com variações nas formas e voltagem, sendo que cada uma delas se encaixa em um determinado modelo de equipamento. A resistência tipo B serve para autoclaves horizontais, enquanto a circular, para as máquinas verticais. Elas são duráveis, se manuseadas adequadamente, têm valor acessível e ótimo custo-benefício.

As autoclaves também são apresentadas em vários tipos, sendo as gravitacionais, que têm uma válvula para forçar a saída do ar após a entrada do vapor, e as pré-vácuo, que fazem a remoção do ar interno, que pode ser feito de uma única vez ou de forma fracionada. Cada uma delas tem a resistência apropriada ao seu modelo.

Riscos de não utilizar

A não utilização da resistência adequada à autoclave promove a contaminação de pacientes por microorganismos prejudiciais à saúde humana. Sem a esterilização correta, as pessoas ficam expostas aos utensílios contaminados e adquirem infecções que geram enfermidades curáveis e incuráveis.

Enfim, agora você já conhece a importância do uso de resistência de autoclave esterilizadora. A esterilização realizada por meio de autoclave somente pode acontecer se a resistência estiver em pleno funcionamento. Ela é essencial para que os equipamentos cumpram o seu papel, visto que o seu processo de aquecimento é indispensável para que os produtos e instrumentos cirúrgicos sejam esterilizados.

Gostou do conteúdo? Compartilhe-o nas redes sociais para que todos conheçam esse componente que é primordial para o funcionamento de laboratórios e instituições que trabalham com a saúde da população!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *