7 dicas certeiras para você conseguir evitar gargalos na produção

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

Os gargalos na produção representam um risco grave para a produtividade e a qualidade dos serviços e produtos de uma organização. Trata-se de um fator que compromete o desempenho e torna os processos mais lentos, o que impacta diretamente nos resultados.

A linha de produção é o pilar de uma indústria e quando está operando bem, promove benefícios para os setores administrativos, comerciais e financeiro — por isso, é muito importante que os gestores monitorem as atividades, identifiquem e eliminem os gargalos.

Se você deseja contribuir para ter uma produção eficiente, com ótimo desempenho sem comprometer a qualidade, vamos ajudar! Continue a leitura deste post e confira 7 dicas valiosas para evitar os gargalos na produção e contribuir para a excelência das atividades!

O que são os gargalos de produção industrial

Situação que pode acontecer em qualquer linha de produção, os gargalos consistem em falhas ou erros que atrasam o andamento de um processo produtivo. Sendo assim, é um fator que compromete a capacidade produtiva e o desempenho de toda a equipe.

Os principais gargalos na produção podem ser os seguintes:

  • falta ou problemas na matéria-prima;
  • parada de máquinas e equipamentos;
  • falta de um cronograma de manutenção preventiva;
  • relação entre capacidade e demanda;
  • ausência de controle do estoque;
  • falta de acompanhamento do processo produtivo.

Em outras palavras, são falhas que acontecem na linha produtiva e causam obstáculos capazes de atrasar os processos e afetar a qualidade. Com isso, a empresa atua com o fluxo de trabalho abaixo do planejado, sobretudo, impactando nos objetivos e resultados.

Os impactos dos gargalos nos resultados da empresa

Os gargalos na produção representam um risco para qualquer empresa e causam impactos que afetam diversos aspectos. Se as operações não acontecem de maneira sincronizada e fluida, a perda de produtividade é um dos principais impactos que afetam os resultados.

Com isso, ao produzir menos a empresa consequentemente tem um custo operacional maior sem conseguir elevar as receitas. Dessa forma, os resultados são reduzidos e a satisfação do cliente e o posicionamento de marca também são afetados ao longo do tempo.

Os tipos de prejuízos causados pelos gargalos

Quando acontecem no início da produção, os gargalos causam danos em todas as etapas seguintes, provocando danos nos resultados. Sendo assim, é um problema que tem potencial para causar sérios contratempos e prejudicar o desempenho de toda a empresa.

Além disso, a ocorrência de gargalos em uma indústria pode provocar efeitos em cadeia, ou seja, que não impactam apenas em um processo ou setor, mas envolvem uma sequência de operações e funções, interferindo inclusive, na qualidade do produto final.

Dessa forma, as principais prejuízos que os gargalos podem causar são:

  • limita a capacidade produtiva;
  • aumento dos custos operacionais;
  • aumento da ociosidade do time;
  • perda da motivação da equipe;
  • desperdícios e prejuízos;
  • atraso nas entregas;
  • possível perda de qualidade dos produtos.

7 dicas para evitar os gargalos de produção

Os gargalos são problemas relativamente comuns e quando mais rápido são identificados e evitados, menores são os transtornos. Por isso, é preciso ter uma gestão efetiva e acompanhar as operações e implementar ações para eliminar os problemas e alcançar a melhoria contínua.

Veja a seguir, como identificar a evitar os gargalos na produção!

1. Mapeie todo o processo de produção

O primeiro passo é mapear todo o processo produtivo, considerando todas as atividades, mão de obra, qualidade, entradas e saídas. Conhecer o fluxo de trabalho permite que os gestores tenham maior facilidade para identificar gargalos e definir estratégias para eliminá-los sem perder tempo.

2. Escolha o tipo de processo produtivo ideal

Uma das formas mais eficazes para conduzir processos em linha de produção é definir um modelo ideal, considerando tempo e qualidade. Nesse sentido, a gestão tem a oportunidade de comparar o conceito ideal com o real, para identificar as diferenças e possíveis gargalos, evitando que aconteçam.

3. Acompanhe as etapas de perto

O monitoramento das atividades deve fazer parte da rotina de uma empresa que tem linhas de produção, pois é a melhor forma para evitar contratempos. Por isso, acompanhe cada etapa das operações mesmo se não houver indícios de gargalos.

4. Encontre a raiz do problema

Quando o gargalo é identificado, os gestores devem encontrar a causa raiz do problema para buscar soluções definitivas. Para isso, as metodologias de gestão como a matriz 5w2H e diagrama de Ishikawa são ferramentas eficazes para investigar as causas e encontrar meios de resolvê-las.

5. Capacite o time

Uma equipe capacitada é imprescindível para a empresa, pois atuam de forma bem planejada e de acordo com os padrões de qualidade e tempo. Portanto, invista em treinamentos periódicos e conte com profissionais alinhados, que conhecem suas funções detalhadamente.

6. Monitore os indicadores

Os indicadores fornecem dados relevantes sobre as operações em relação ao tempo, custos, mão de obra e qualidade, de forma centralizada e intuitiva. Dessa maneira, contribuem para identificar desvios com eficiência e ainda possibilita acompanhar a efetividade das ações para a melhoria.

7. Conte com o auxílio da tecnologia

A tecnologia é uma aliada das empresas e fornece soluções modernas para eliminar riscos e ter operações com um alto nível de excelência. Por isso, utilizar um software é primordial para ter planos de ação eficientes e uma gestão precisa para evitar gargalos — além disso, a automação de processos também é algo que deve ser considerado.

A importância de identificar gargalos na produção

Ter operações eficientes, enxutas e que atuam de acordo com o planejamento estratégico é um objetivo comum a todas as empresas. No entanto, a ocorrência de gargalos é algo possível em qualquer processo, mesmo em linhas produtivas consideradas simples.

Sendo assim, identificar prontamente os gargalos na produção e solucioná-los sem perder tempo é imprescindível para evitar danos aos resultados. Para isso, desenvolver uma gestão eficaz e pautada na prevenção é a melhor maneira para atingir os objetivos sem prejuízos.

Como pode notar neste artigo, os gargalos na produção representam um risco sério que deve ser tratado com inteligência para evitar comprometer os resultados. Portanto, não deixe de seguir as dicas e ter controle sobre as suas operações para garantir que nenhum problema afete o desempenho.

Gostou do post? Agora que você entendeu mais sobre os gargalos e viu dicas incríveis para evitá-los e elevar a performance da produção, compartilhe conosco sua opinião! Deixe aqui o seu comentário e vamos conversar sobre o assunto!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *