Descubra a importância da manutenção elétrica preventiva na empresa

Descubra a importância da manutenção elétrica preventiva na empresa

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

Ainda que uma instalação bem feita e o uso de equipamentos de qualidade reduza significativamente os custos com eventuais ajustes e reparos, a manutenção elétrica preventiva é essencial para antecipar problemas importantes, manter o ritmo do trabalho e garantir a segurança dos seus colaboradores.

Só não podemos, entretanto, confundir “manutenção” com “reforma”, afinal não pretendemos que essa prática gere interdições e consuma muitos dias de serviço. Pelo contrário, o que se visa nesse caso são apenas pequenos ajustes e correções que prolonguem o intervalo entre reparos mais severos.

Neste artigo, falamos sobre a manutenção elétrica preventiva em empresas e listamos algumas razões para não negligenciá-la. Continue a leitura para conferir!

O que é manutenção elétrica preventiva?

Atualmente, as indústrias costumam classificar a manutenção de estruturas e equipamentos em três categorias básicas: a manutenção corretiva, a manutenção preventiva e a manutenção preditiva. Veja só.

Manutenção elétrica corretiva

Como o termo sugere, a manutenção corretiva consiste na correção ou ajuste de um problema já diagnosticado. Uma máquina quebrada ou um erro de projeto em uma instalação elétrica, por exemplo, demandam manutenção corretiva.

Ao contrário dos outros tipos de manutenção, essa deve ser evitada pelas empresas, pois geralmente envolve custos mais altos em termos de tempo, esforço e dinheiro.

Manutenção elétrica preventiva

A manutenção elétrica preventiva, por sua vez, obedece um planejamento ou rotina de atividades geralmente estipulados pelo fabricante, órgãos especializados ou profissionais capacitados.

Seu objetivo é garantir o melhor aproveitamento possível da instalação ou equipamento e prevenir danos que impliquem em uma manutenção corretiva. Sua maior vantagem é que seus custos são fixados e a boa execução minimiza os gastos com reparos.

Manutenção elétrica preditiva

Por fim, temos a manutenção elétrica preditiva que está relacionada ao monitoramento das instalações e equipamentos. Por meio de sistemas eletrônicos ou informatizados, é possível monitorar o funcionamento de cada componente ou conjunto de peças e detectar qualquer tipo de anormalidade de maneira precisa e imediata.

Conceitualmente, a manutenção elétrica preditiva não é muito comum, embora o termo esteja ganhando popularidade. Em muitas empresas ela é tratada como um desdobramento da manutenção preventiva.

Como implementar a manutenção elétrica preventiva em minha empresa?

Em instalações elétricas, é imprescindível que um profissional especializado realize um estudo do local e estabeleça todos os parâmetros, pontos críticos e prazos para eventuais ajustes, reparos e substituições de peças, fios e outros componentes.

Em relação às máquinas, a orientação de um especialista também é importante, mas em geral os fabricantes dos dispositivos disponibilizam informações para manutenções e reparos que precisam ser respeitados, uma vez que são baseados em testes e estudos desenvolvidos pela companhia.

De maneira geral, o que se espera é que a manutenção elétrica preventiva seja uma atividade corriqueira e pouco impactante do dia a dia da empresa.

O acompanhamento das revisões deve ser protocolado e acompanhado com a ajuda de registros e marcações ou por meio de softwares e plataformas digitais preparadas para esse tipo de função.

Quais são as principais vantagens da manutenção elétrica preventiva?

Inúmeros benefícios são percebidos quando a gestão das empresas decide dar mais foco à manutenção elétrica preventiva. Confira as principais vantagens a seguir.

Economia de energia

Seja em grandes complexos, seja em pequenos equipamentos, falhas estruturais ou as famosas gambiarras não apenas comprometem a qualidade geral do sistema elétrico como contribuem para o desperdício de energia.

Segurança no espaço de trabalho

Outro ponto crítico que a manutenção preventiva procura garantir é a segurança dos equipamentos e do espaço de trabalho. Pequenos ajustes e correções pontuais diminuem consideravelmente os riscos de falhas e acidentes.

Confiabilidade no uso dos equipamentos

Uma vez conservados e com a manutenção em dia, os equipamentos tornam-se mais adequados para o uso. Essa segurança estimula o colaborador responsável a entregar um serviço de melhor qualidade.

Maior vida útil de instalações e equipamentos

O cronograma de manutenções elétricas preventivas deve obedecer critérios estipulados por um profissional capacitado ou pela empresa fabricante dos materiais e equipamentos. Um dos propósitos desses pequenos ajustes, trocas e reparos realizados nessas atividades é justamente prolongar a vida útil das instalações e equipamentos.

Valorização do patrimônio da empresa

Equipamentos conservados e com maior vida útil são mais valorizados. Sob outro ângulo, isso significa que a manutenção preventiva funciona como um instrumento para minimizar a depreciação dos ativos da empresa.

Melhor controle do orçamento

Uma vez que a manutenção preventiva segue um calendário de serviços planejado, é possível fazer um controle muito mais preciso do capital empregado para manter a infraestrutura elétrica e o maquinário do empreendimento.

Ganhos em qualidade

Uma infraestrutura elétrica bem arranjada e um maquinário em ótimo estado de funcionamento são fatores fundamentais para garantir a qualidade da produção e da prestação de serviços.

Maior produtividade

Naturalmente, somando-se ganhos em tempo (menos manutenções corretivas), segurança, preservação de equipamentos, economia de recursos e estímulo ao trabalho, obtemos um cenário de maior produtividade na empresa.

Sustentabilidade

Por fim, mas não menos importante, a manutenção elétrica preventiva é também um aliado da sustentabilidade. Equipamentos funcionando em ótimo estado tendem a aproveitar melhor a energia e emitir menos poluentes.

Quais os impactos positivos que o investimento em manutenção preventiva traz para as empresas?

Na medida em que os investimentos em manutenção preventiva aumentam, a expectativa é que os custos com manutenção corretiva reduzam gradualmente. No médio e longo prazo, esse ritmo pode representar uma economia significativa de recursos.

Empresas que investem mais em manutenção elétrica preventiva observam um crescimento da produtividade e um maior tempo médio entre falhas, o que, entre outros fatores, contribui para resultados financeiros melhores.

É importante frisar, também, que todas essas melhorias afetam diretamente a qualidade dos serviços prestados o que, em última instância, pode favorecer a reputação do negócio e até atrair novos clientes para a empresa.

Considerando todos esses fatores, é impossível negar a importância da manutenção elétrica preventiva para organizações de todos os tamanhos. Muito além de evitar surpresas desagradáveis e despesas extras, o que essa prática promete é uma melhoria geral do ambiente de trabalho.

Este conteúdo foi útil para você? Então, não deixe de compartilhá-lo com seus amigos nas redes sociais!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *