Entenda melhor as diferenças entre circuito em série e paralelo

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

Eletricistas residenciais e industriais precisam atentar-se a pequenos e grandes detalhes, para conseguir fazer a instalação correta de equipamentos que necessitam de energia elétrica para funcionar. Entre as peculiaridades que devem ser analisadas, estão as características e diferenças de um circuito em série e paralelo.

Sabendo quais são as individualidades de cada um desses itens, tanto as pessoas que fazem as instalações, quanto as que vão utilizar os utensílios ou máquinas estarão mais seguras. Além disso, a eficiência das ferramentas será muito maior se a aplicação for realizada de maneira correta.

Quer saber mais sobre as diferenças do circuito em série e paralelo? Continue a sua leitura!

O que é circuito em série e paralelo?

O circuito em série possui como diferencial a inexistência da divisão de circuito — ou seja, é possível manter duas ou até mais cargas por meio de um caminho singular, com componentes em sequência.

Porém, a tensão pode se alterar caso a resistência das cargas seja desigual, pois a corrente elétrica fará apenas um trajeto no qual o fluxo de elétrons seja igualado.

O pisca-pisca é um exemplo desse circuito, já que um único caminho alimenta diversas lâmpadas que ficam uma ao lado da outra. Deste modo, a corrente elétrica passa por toda a extensão com um fluxo de elétrons constante.

É por esse motivo que, quando alguma lâmpada queima, todas as outras podem parar de funcionar também, tendo em vista que o circuito foi cessado.

Um ponto positivo da ligação em série é a possibilidade em ampliar a resistência total do circuito. Porém, um ponto negativo que podemos citar é a interrupção de todo o circuito caso haja algum ponto com defeito, impossibilitando que o fluxo de elétrons siga por todo o trajeto necessário.

Já o circuito paralelo tem como característica um ponto de derivação — ou seja, todo o fluxo da corrente é compartilhado de forma equilibrada entre duas ou mais cargas, de acordo com a resistência. Nesse caso, a tensão será igual, porém, a corrente elétrica pode se alterar devido à inconsistência da resistência.

Muito utilizada em ligações elétricas industriais e prediais, o circuito paralelo faz com que a tensão das cargas seja igual. Seu principal benefício é o fato de serem cargas independentes — ou seja, caso uma ligação pare de funcionar, as outras podem continuar normalmente. Porém, o seu consumo é muito maior.

Qual é a principal diferença entre eles?

A principal diferença entre os circuitos de série e paralelos é a forma como a tensão e a corrente elétrica se apresentam. Nos pontos de circuito paralelos, a tensão será a mesma para todos eles, enquanto a corrente pode variar. Já no caso dos circuitos em série, a corrente elétrica não muda, mas a tensão pode ser diferente.

Entender todas as formas de funcionamento de cada um dos circuitos é primordial. Existem muitos profissionais no mercado que estudaram e que ainda estão se aprimorando nesse sentido.

Procure sempre a opinião de pessoas especializadas para que as instalações de sua empresa ou casa sejam realizadas da maneira mais correta possível, evitando problemas e futuras dores de cabeça.

Quais são as principais características desses circuitos?

Separamos, a seguir. as principais características dos circuitos. Confira!

Apresentação da tensão e corrente

A tensão e a corrente da ligação em série podem proceder de diferentes formas nas cargas do circuito. Porém, o fluxo de elétrons não será modificado e permanecerá sempre o mesmo nas cargas, devido ao caminho único de envio de elétrons.

A tensão elétrica entre as cargas se diferencia por causa da resistência ser equivalente à tensão, ou seja, ela será maior se a resistência também for alta — ao contrário da corrente, que sempre será igual para todas as cargas.

No circuito paralelo, a tensão de todos os resistores é igual, e a soma das correntes que atravessam os resistores é igual à resistência deles.

Composição

O circuito paralelo é composto por duas ou mais cargas e conta com elementos que são ligados em ramos diferentes, mas que ficam em idêntico potencial — podendo dizer que estão interligados em paralelo.

Já os elementos em série são conectados por um único ramo, e o fluxo de corrente elétrica se separa proporcionalmente para cada carga.

Ponto em comum ou de derivação

No circuito paralelo, todas as cargas possuem um ponto de derivação em comum, fazendo com que o fluxo da corrente elétrica se separe proporcionalmente e de acordo com a resistência utilizada.

Como no circuito em série, as cargas são ligadas em sequência, havendo apenas uma passagem de corrente elétrica. Assim, não existem pontos de derivação.

Potencial

A tensão elétrica de cada carga não será igual, se compararmos uma em relação a outra. Isso ocorre porque a resistência age exatamente de acordo com a tensão.

Por isso, quanto maior for a resistência, maior será a tensão. Afinal, a corrente será sempre a mesma para todas as cargas.

Aplicações

Uma das aplicações mais usadas no circuito em série são as luzes de LED dos pisca-piscas de Natal. Já as ligações paralelas são mais utilizadas nas empresas e nas instalações de maquinários, que podem continuar funcionando caso um dos circuitos pare de funcionar.

Uma das vantagens desse tipo de carga é que poderão ser usadas tensões de 127V, 220V e 380V ao mesmo tempo.

Qual é a importância da aplicação correta dos circuitos?

Ao efetuar a instalação elétrica, além de saber qual é o modelo que se encaixa para o seu projeto, é necessário efetuar a aplicação correta de todas as redes de energia e tomar todos os cuidados, para evitar danos materiais ou pessoais.

Diante disso, é importante realizar uma avaliação antes de começar a instalação, verificando todos os pontos possíveis e o que poderá ser feito ou melhorado.

Agora que você já sabe o que é o circuito em série e paralelo, não deixe de aplicar os seus conhecimentos no seu dia a dia. Caso ainda tenha alguma dúvida, não hesite em procurar uma empresa especializada na área para auxiliar na compra de qualquer item referente a instalações elétricas.

Gostou do nosso post? Siga-nos no Facebook e no Instagram, e tenha acesso a mais conteúdos como este!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *