Quais os principais pontos da ISO 9001: 2015 que todo gestor deve saber?

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

A ISO 9001: 2015 é uma norma internacional que especifica os requisitos de sistemas de gestão — Quality Management System (SGQ). As empresas usam esse padrão para demonstrar a sua capacidade de fornecer produtos e serviços com governança e compliance, ou seja, que atendam aos requisitos e normas regulatórias e de qualidade para a experiência do cliente.

As boas práticas foram publicadas pela primeira vez em 1987 pela International Organization for Standardization (ISO). Por isso, todas as determinações recebem esse prefixo. A ISO é uma agência internacional composta por órgãos de normalização nacionais de mais de 160 países.

A versão mais atual da 9001 foi lançada em setembro de 2015. Neste artigo, trazemos informações sobre esse padrão e a importância dele para as empresas.

O que é a ISO 9001: 2015?

Publicada originalmente em 1987, a ISO 9001 passou por revisões em 1994, 2000 e em 2008:

  • a ISO 9001: 1994 incluiu mudanças para melhorar o controle da cláusula de projeto e desenvolvimento, esclareceu alguns aspectos e modificou requisitos da ISO 9002 e 9003;
  • a ISO 9001: 2000 atualizou novamente alguns requisitos;
  • a ISO 9001: 2008 esclareceu questões da aplicação da ISO 9001: 2000. 

Entretanto, a última revisão foi publicada em setembro de 2015 e garantiu que a ISO 9001 se adaptaria às mudanças ocorridas nas organizações com o advento da Transformação Digital. Algumas das principais atualizações na ISO 9001: 2015 incluíram:

  • introdução da nova terminologia;
  • reestruturação de informações;
  • ênfase no pensamento baseado em risco;
  • melhor aplicação da abordagem de processo;
  • aplicabilidade aprimorada para serviços;
  • novos requisitos de liderança.

A ISO 9001: 2015 é aplicável a qualquer organização, independentemente do tamanho ou setor. Milhares de organizações de mais de 160 países utilizam o padrão ISO 9001 em seus sistemas de gestão da qualidade.

Seus requisitos baseiam-se nos conceitos do Ciclo PDCA (Plan, Do, Check, Act), ou seja, planejar, fazer, verificar e agir. Essa abordagem orienta processos e permite documentar e revisar a estrutura, as responsabilidades e os procedimentos necessários para alcançar o gerenciamento de qualidade eficiente.

Outras seções da norma também abrangem:

  • requisitos para um SGQ, com documentação das informações, planejamento e determinação das interações do processo;
  • atribuições de responsabilidades de gestão;
  • organização de processos;
  • gerenciamento de recursos de qualquer origem;
  • análise do produto, desde a ideação ao delineamento do design até a entrega de resultados;
  • mensuração, análise e melhoria do SGQ por meio de atividades como auditorias internas e ações corretivas e preventivas.

Como obter a certificação ISO 9001: 2015?

A ISO 9001 é o único padrão da série ISO 9000 para o qual as organizações podem se certificar. Alcançar a certificação ISO 9001: 2015 significa que uma organização demonstra a capacidade de seguir as diretrizes da norma e atender aos seus próprios requisitos de qualidade, seja em relação aos clientes, seja em função do compliance de seus segmento de atuação.

Conforme falamos, a certificação para o padrão ISO 9001 pode aumentar a credibilidade de uma empresa e demonstrar aos clientes que seus produtos e serviços atendem às expectativas e às exigências do mercado. Em alguns casos ou em alguns setores, a certificação é obrigatória.

O processo de certificação inclui a implementação dos requisitos da ISO 9001: 2015 e, em seguida, uma auditoria que confirma o atendimento aos critérios predeterminados.

Dessa forma, as empresas que desejarem adequar seus processos à norma devem:

  • pagar os custos para auditorias de registro, vigilância e recertificação ISO 9001;
  • adequar o nível organizacional de conformidade com os requisitos ISO 9001;
  • planejar os recursos que serão investidos na adequação;
  • fornecer o suporte para que o consultor realize a devida avaliação.

Os profissionais responsáveis ​​por desenvolver, implementar, auditar e gerenciar um sistema de gestão da qualidade ISO ou os profissionais da qualidade interessados ​​em atualizar seu SGQ documentado com base na ISO 9001 podem fazer cursos de treinamento ISO 9000, que incluem projetos focados na norma e sistemas de gestão da qualidade.

Além disso, as organizações que buscam melhorar o desempenho dos funcionários e a otimização contínua de seus processos também podem optar pelo treinamento baseado nesses requisitos.

As empresas que almejam a recertificação da ISO 9001: 2008 para a ISO 9001: 2015 conseguem fazer as mudanças rapidamente, pois têm a vantagem de um SGQ em prática como ponto de partida.

Entretanto, é preciso se familiarizar com as matrizes de correlação e consultar equipes internas como TI e RH acerca de requisitos e treinamentos que devem ser incluídos no escopo do novo SGQ.

A documentação da ISO 9001: 2015 está disponível nos seguintes formatos:

  • cópia impressa;
  • PDF para download;
  • licença de site para a publicação de uma versão eletrônica;
  • Request for Interpretation (RFI) — Pedido de Interpretação dos requisitos.

Existem, ainda, templates que orientam a redação do próprio manual de qualidade conforme os padrões ISO 9001: 2015. Eles podem ser facilmente baixados na internet, porém, não garantem a devida certificação da empresa.

Por que as empresas devem aplicar a ISO 9001: 2015 em seus processos?

A ISO 9001: 2015 estabelece critérios para o gerenciamento da qualidade e pode ser usada por empresas que desejam comprovar ao mercado a sua capacidade de fornecimento e consistência nos produtos e serviços que comercializam.

Dessa forma, é possível atender as demandas adequadamente e cumprir os requisitos legais exigidos por regulamentares aplicáveis em cada situação, aumentando a satisfação dos clientes e melhorando os resultados do negócio.

Isso também incrementa a confiabilidade da marca e a percepção da capacidade de atendimento da empresa em sua cadeia de suprimentos.

A implementação de um sistema de gestão da qualidade ainda aumenta a eficiência global, o que automaticamente reduz os custos operacionais, aumenta a segurança e diminui os riscos associados aos processos de gerenciamento.

Os benefícios mais relevantes da ISO 9001: 2015 abrangem aspectos operacionais, mas isso reverbera em outras funções, como o financeiro e o marketing.

ISO 9001:2015 é o sistema de gerenciamento de qualidade mais popular do mundo. Milhares de empresas de vários segmentos são certificadas e profundamente impactadas tanto em sua cultura organizacional quanto nos resultados financeiros obtidos após a devida adequação de seus processos.

Agora que você sabe a importância de um gerenciamento baseado na qualidade, que tal compreender um pouco mais sobre a gestão de manutenção?

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *