Resistência sobre borda: tudo o que você precisa saber

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

A resistência sobre bordas pode ser aplicada em tanques de aquecimento de grande ou pequeno porte. Ela é importante porque proporciona precisão no aquecimento e no ajuste para as bordas do reservatório ou do tanque. Além disso, permite economia de espaço e garante fácil transferência de um local a outro.

Esse tipo de resistência é produzida a partir de aço inox revestido com chumbo ou teflon, simplificando a manutenção dos equipamentos. No mercado, existem modelos de resistência sobre bordas fabricadas em variados comprimentos e diferentes níveis de potência para atender a uma série de demandas.

Quer ficar por dentro do assunto? Continue lendo o post e descubra em quais situações a resistência sobre bordas é mais indicada, seus benefícios e modelos disponíveis no mercado. Confira e faça boa leitura!

O que é a resistência sobre bordas?

Trata-se de um modelo de resistência no formato tubular, voltado ao aquecimento de determinados líquidos dispostos em tanques de diversos tamanhos, tambores e tonéis. O formato favorece o apoio na borda dos recipientes e, além disso, existe a possibilidade de acoplar um termostato analógico para controlar a temperatura do ambiente.

A função da resistência de borda é, basicamente, promover o calor necessário para aquecer diferentes líquidos. As especificações desse tipo de resistência são realizadas conforme a substância aplicada nos devidos recipientes. Durante o processo de aquecimento, a resistência de borda pode ter contato com produtos altamente corrosivos e, por isso, é preciso saber qual revestimento utilizar para evitar prejuízos.

Para líquidos não corrosivos, a resistência de borda possibilita produção em aço inoxidável. Já para aqueles que oferecem o risco de corroer o aço inox, a resistência também pode ser feita em aço inoxidável, apesar de exigir o revestimento com chumbo para impedir a deterioração do material.   

Quando é indicado o uso da resistência de borda?

A resistência sobre bordas cumpre papel útil em inúmeros contextos, nos mais variados procedimentos de banhos galvânicos. Além disso, ela é desenvolvida com caixa de ligação metálica ou em baquelite, em diversos formatos e medidas. Para escolher o melhor produto, sempre avalie as necessidades específicas de cada tipo de serviço.

Esse tipo de resistência é aplicável em tanques de aquecimento de pequeno e grande porte, além de tonéis e tambores para aquecimento dos líquidos ali presentes. A resistência sobre bordas serve ainda como geradora de calor em piscinas de tamanho reduzido, quebrando o gelado da água.

Empresas que usam reservatórios ou tanques para líquidos que pedem aquecimento uniforme, como água, soluções liquefeitas e óleo, se valem da resistência sobre bordas nos processos, já que ela representa a melhor alternativa. A utilização desse tipo de resistência é comum em muitos mercados industriais, mas o setor de metalurgia, em especial, usa bastante o método para realizar o tratamento dos metais em processos galvanizados.

Os revestimentos da resistência sobre borda são pensados para inúmeras aplicações, como aquecimento de tanques de galvanoplastia, banhos de níquel, cloreto de cobre e de metileno e ácido sulfúrico.

Esse tipo de resistência é abrangente e permite aplicação em procedimentos de oxidação, soluções alcalinas e ácidas, niquelação e outras substâncias tidas como altamente agressivas.

Quais são os tipos de resistência de borda?

As resistências sobre bordas são comuns na indústria de galvanoplastia e em processos que envolvem banhos de zincagem, niquelação, desengraxantes, oxidação e cromação. Existem diversas opções no mercado, e a escolha do modelo mais adequado depende do tipo de líquido usado.

O material padrão para promover a blindagem desse tipo de resistência é o aço 1020 cobre ou o aço inox. Mas no geral, a resistência sobre bordas precisa de alguns tipos de revestimento para aplicação em procedimentos industriais. Veja abaixo.

Resistência sobre borda de tubo de aço inoxidável

Esse modelo de resistência não possui revestimento e é tido como ideal para aquecer líquidos não corrosivos. Entre eles, figuram óleos, água e produtos químicos específicos com composição não agressiva.

Resistência sobre borda revestida de chumbo

Essa resistência é feita com tubo de aço carbono ou aço inox revestido com chumbo puro ou antimônios compactados, a depender da necessidade de aplicação.

O material protege a resistência tubular de líquidos corrosivos em processos, como a galvanoplastia em sistemas de cromação, banhos com trióxido de cromo, níquel e ácido sulfúrico.

Resistência sobre borda com revestimento teflon

Essa resistência sobre borda é indicada para sistemas de aquecimento que não ultrapassam a temperatura de 80 graus, consistindo em alternativas ótimas para banhos químicos com componentes corrosivos.

O modelo permite que seja acoplado um termostato para manter a estabilidade da temperatura do líquido aquecido.

Quais são os benefícios da resistência sobre borda?

Conforme observamos, a resistência tubular sobre borda pode ser utilizada no aquecimento de diferentes tipos de reservatórios e tanques de banho. De quebra, possui características especificas, segundo as necessidades do processo. Um dos principais benefícios desse tipo de resistência é a sua facilidade de operação e limpeza.

Além disso, ela permite o deslocamento de um tanque a outro sem esforço, devido à sua flexibilidade, fazendo da mobilidade outra característica importante. Mas outras vantagens também podem ser observadas nas resistências sobre borda:

  • alta resistência a líquidos corrosivos e com elevado índice de agressividade química;
  • ótima durabilidade;
  • amplo conjunto de terminais, flanges, uniões e sistemas de fixação;
  • diversos materiais de revestimento — chumbo estanho, puro e antimônio e PTFE (teflon);

A IMC Resistências Elétricas fabrica uma enorme variedade de resistências para todos os fins, sempre pensando na capacidade de realizar qualquer processo de transferência de calor. Temos mais de 50 anos de experiência de mercado, atendimento exclusivo, agilidade na entrega e ótimos produtos, de excelente qualidade e preço. Além disso, possuímos certificações que garantem a sua segurança.

A resistência sobre borda tem basicamente a função de gerar calor para aquecer diferentes tipos de líquidos. Para cada aplicação, existem modelos que devem ser escolhidos conforme as necessidades do procedimento. Fique atento, portanto, a aspectos como dimensionamento, blindagem, conformação e elementos resistivos.

Você conhece os tipos de resistências sobre borda da IMC Resistências Elétricas? Aproveite a visita e encontre aqui a melhor solução para o seu negócio!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *