Cuidado com a sobrecarga elétrica na indústria! Veja aqui quando pode ocorrer e como evitá-la

produtos-imc-resistenciasPowered by Rock Convert

A identificação dos riscos de sobrecarga nos circuitos elétricos é muito importante para as empresas, visto que pode evitar a paralisação das operações. Esse é um assunto muito sério que surge em virtude de falhas no sistema ou de erros na elaboração e execução do projeto. Por outro lado, os empresários devem ficar atentos às regras da ABNT NBR 5410/2004.

Essa é a maneira mais indicada para evitar problemas nas instalações. Neste conteúdo, vamos explicar o que é a sobrecarga elétrica e como ela pode ocorrer na indústria. Aqui, você vai descobrir os perigos dessas ocorrências, as formas de prevenção e também os danos que elas causam nas resistências. Além do mais, vamos falar sobre o impacto operacional e financeiro. Acompanhe!

Saiba o que é a sobrecarga elétrica

Sobrecarga elétrica é uma ocorrência que decorre do excesso de carga em uma tomada ou circuito. Isso normalmente acontece quando o usuário conecta vários aparelhos no mesmo local. O funcionamento desses dispositivos faz com que a corrente de energia que passa pelos cabos e fios seja maior do que a suportada pelas instalações.

Entenda quando um curto-circuito pode ter origem na sobrecarga elétrica

Curto-circuito é o excesso de carga originado por uma falha que causa a ligação de uma das fases com um condutor neutro ou com outra fase. Porém, ele pode ser causado por uma sobrecarga elétrica, que pode ser evitada se o sistema for bem dimensionado e isento de falhas por ter sido projetado de acordo com as normas de segurança.

Compreenda como a sobrecarga elétrica pode ocorrer na indústria

O disjuntor poderá se desligar ou haver quedas em virtude das sobrecargas elétricas. Por esse motivo, é importante aplicar medidas corretivas para evitar incêndios e outros danos. Os profissionais especializados inspecionam as instalações e fazem um estudo para saber se os cabos estão adequados. Veja a seguir como a sobrecarga pode ocorrer na indústria!

Falta de informação básica

A falta de informações básicas aos usuários pode gerar acidentes e curtos-circuitos. Eles causam a sobrecarga elétrica na indústria com a conexão indiscriminada de maquinários nas tomadas que não são adequadas às suas necessidades. Outro problema é o uso de adaptadores ou o popular “T”, que multiplica o espaço e possibilita que vários equipamentos sejam ligados em um único ponto.

Conectar de forma errada todo tipo de equipamento

Quando os colaboradores conectam equipamentos de forma incorreta ou em pontos inadequados pode haver sobrecarga. Caso um disjuntor venha a se desligar continuamente, é normal querer trocá-lo por outro que seja específico para cargas maiores. Entretanto, esse é um sinal de alerta para que você chame um eletricista. Um técnico experiente é a pessoa mais indicada para fazer um diagnóstico.

Quedas de tensão frequentes

A queda de tensão acontece em virtude do comprimento do condutor e do consumo de energia ou da sobrecarga elétrica. Se houver oscilação ou quedas abruptas, os maquinários podem ser danificados. Contudo, existem outras consequências graves que provêm de erros ou defeitos nas instalações elétricas e podem colocar a vida das pessoas em perigo.

Confira os perigos que a sobrecarga elétrica pode trazer

As sobrecargas elétricas são fontes de riscos que originam incidentes ou acidentes gravíssimos. Elas vão muito além de danificar máquinas e equipamentos, pois podem levar pessoas a perderem suas vidas ou ficarem com sequelas para sempre. Os incêndios de edifícios ou galpões são situações que demonstram a relevância de evitar o excesso de carga na rede elétrica.

Analise os danos que a sobrecarga elétrica pode causar nas resistências

As resistências são peças responsáveis pela transformação da energia elétrica em térmica para gerar calor. Quando esse dispositivo libera cheiro de queimado, significa que ele está aquecendo acima dos seus limites e queimará a fita isolante que isola os fios condutores. Consequentemente, a rede pode pegar fogo, e ele se espalhará rapidamente.

Impactos na lucratividade

Um incêndio pode impactar as operações do negócio e impedir que as atividades organizacionais sejam realizadas durante horas ou dias. Em decorrência disso, a produtividade dos colaboradores é afetada e a lucratividade dos negócios é prejudicada. Infelizmente, há impactos operacionais e financeiros que podem se tornar irreparáveis.

Queima de equipamentos

Se os maquinários estão queimando subitamente, o motivo pode ser a resistência. Ela provavelmente está funcionado abaixo do que se espera, razão pela qual gera carga maior e eleva a temperatura. Ao chegar nos equipamentos, a sobrecarga elétrica causa um curto-circuito e queima os circuitos das máquinas e aparelhos.

Custos elevados

As faturas de luz que chegam todos os meses podem ficar mais altas por causa das sobrecargas ou das fugas de energia. Afinal de contas, quando você utiliza a eletricidade, mais cara fica a conta do próximo período. Para evitar acidentes trágicos, peça para um profissional implementar um sistema de aterramento que protegerá a sua indústria.

Verifique as principais formas de prevenir as sobrecargas elétricas

Os choques elétricos provenientes de equipamentos são oriundos de uma fuga de energia. Essa situação acontece quando passa mais corrente elétrica no condutor do que deveria e foi projetado. O excesso precisa ir pelo fio terra e chegar ao solo, mas às vezes ele se concentra nos equipamentos que têm peças metálicas. Observe abaixo como prevenir as sobrecargas!

Ligar os aparelhos da forma correta

Um dos principais cuidados a serem tomados pelos usuários é ligar os aparelhos de forma correta. O engenheiro responsável pelo projeto é quem define quantas tomadas são necessárias para que os colaboradores não utilizem os conhecidos benjamins. Peça para ele incluir no planejamento as tomadas que contêm vários espelhos nos locais onde ficarão diversos equipamentos.

Realizar a manutenção das instalações elétricas

Faça a manutenção periódica das instalações elétricas, principalmente se o imóvel ocupado para fins industriais tem mais de 15 anos. Considere que os materiais elétricos e os cabos podem sofrer degradação pela realização de atividades, além de terem vida útil limitada.

Não permitir fios desencapados

Ainda que você não perceba qualquer sinal de fumaça, se encontrar componentes derretidos ou fios desencapados, faça a manutenção da sua rede elétrica para evitar os perigos. Um curto-circuito também causa incêndio ou deixa a edificação sem energia. Não deixe a fiação danificada exposta, troque as resistências que não estão funcionando corretamente e evite prejuízos maiores.

Esses são os cuidados que você precisa ter com a sobrecarga elétrica na indústria! Agora que você já sabe como ela pode ocorrer e entende os motivos pelos quais deve evitá-la, precisa colocar em prática as dicas mencionadas neste artigo. Elas vão ajudá-lo a se prevenir contra eventos inesperados, já que estimulam o uso correto da rede de energia.

Gostou do conhecimento adquirido neste post, mas ainda tem dúvidas sobre o assunto? Fale com a nossa equipe agora mesmo!

Gostou do texto?

Faça seu cadastro e receba todas as novidades do blog no seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *